Fonoaudiologia

“Faze silêncio no teu corpo. E escuta-te. Há uma verdade silenciosa dentro de ti.

Faze a tua palavra perfeita… Vive em todos os tempos pela tua voz. Sê o que o ouvido nunca esquece.

Renova-te… Sê sempre o mesmo. Sempre outro. Mas sempre alto… e dentro de tudo.”
“Cânticos” de Cecília Meireles

Reabilitar a linguagem é restabelecer o “Humano” no Ser. É colocar o indivíduo em condição de responder a três questões: “Como eu sou?” (eu x comigo mesmo); “Onde estou?” (eu x o mundo); “Com quem estou?” (eu x o outro). Essas três situações estão relacionadas com os três processos anímicos do querer/sentir/pensar. Para a aquisição da linguagem oral e/ou escrita é preciso que os mecanismos fisiológicos estejam adequados para que os processos de comunicação ocorram harmoniosamente: ouvir, articular, dialogar e, posteriormente, escrever e ler. A partir dessa condição orgânica, as habilidades podem se desenvolver e o indivíduo torna-se, então, competente para sua manifestação no mundo e nas relações interpessoais.

A base para essas habilidades depende, também, do desenvolvimento dos doze sentidos: essas doze “portas de entrada” por onde o mundo externo penetra e enriquece a vida interior da criança.

Ao recebermos uma criança, jovem ou adulto com questões ou distúrbios que envolvem a comunicação, não basta focarmos apenas os sintomas ou queixas apresentadas. Precisamos desenvolver uma compreensão maior desse indivíduo nos aspectos físico, anímico e espiritual; precisamos considerar seu momento biográfico, seu ambiente familiar, escolar (ou profissional) e, a partir daí, elaborarmos as estratégias mais adequadas para auxiliá-lo em suas dificuldades, de forma acolhedora e objetiva.

Essa abordagem terapêutica normalmente é pela via corporal, com atividades que também envolvem o ritmo e a estimulação dos doze sentidos. Assim, podemos cuidar dos problemas relacionados à voz, à fala e às suas funções básicas de respiração, sucção, mastigação e deglutição, ao processamento auditivo, à motricidade oral, à fluência, à leitura e à escrita.

PROFISSIONAL QUE ATUA NESTA ÁREA