Medicina escolar

O desenvolvimento infantil e as questões escolares sempre estiveram entrelaçadas, sendo fundamental o amadurecimento de estratégias facilitadoras na relação Saúde-Educação.

Com o surgimento do método pedagógico Waldorf e da Medicina Antroposófica, a partir de Rudolf Steiner, apresenta-se uma nova forma de atuação no campo da Medicina: o médico escolar como membro do corpo docente, participando da rotina escolar. Apresenta-se como um mediador entre a criança, por um lado, e os pais e professores do outro.

O médico escolar busca compreender, em especial ao desenvolver qualidades diagnósticas essencialmente vinculadas à
Observação, as diversas questões vinculadas ao desenvolvimento da criança, inserida em uma comunidade escolar, diante de suas inevitáveis dificuldades, pelo menos em alguma instância. .

SAIBA MAIS…

PROFISSIONAis QUE ATUAm NESTA ÁREA